Imprensa nos tempos de copa

Faltando pouco mais de 70 dias pro início da primeira Copa do mundo na Africa, todos os interessados por futebol e até aqueles nem tão interessados assim, em algum momento se pegam comentando escalações, esquemas, quais serão os possíveis destaques do mundial.

No meio jornalístico então, a coisa fica BEM mais (in)tensa. As competições nacionais e internacionais desse semestre servem somente como aperitivo,afinal, “estamos em ano de copa”. Como um “fã do esporte”, não consigo observar a atual postura da imprensa esportiva sem critica-lá.

A coisa está tão feia que ultrapassa o debate Globo x ESPN (tema para outro post).  Respeitando suas óbvias diferenças, os dois meios adotam postura  semelhante nesse ano.

A infinita e chata forçação de barra para a convacação do Ronaldino Gaúcho e as desmerecidas criticas sobre o técnico Dunga, no meu ponto de vista passam por um ponto bem maior do que a simples preferência pelo talento/postura de um  ou outro.

Creio que por terem assistido diversos mundiais, nossos comentaristas esportivos vivem uma utopia de que o Brasil sempre entrará na copa com os melhores jogadores ou aqueles que estiverem em melhor momento e com poucos acertos tácticos ,pois técnica temos de sobra, facilmente encaixariamos uma sequencia de 7 belíssimos jogos e colocariamos as mãos no caneco. No maior estilo Garrincha após a conquista de 58 diriamos: “Campeonatozinho mixuruco, nem tem segundo turno!”.

Em 21 anos de vida,  não me orgulho em dizer isso mas, NUNCA vi  uma conquista da seleção ser fácil.  Por mais duro que seja pra algumas pessoas (especialistas ou não) acreditar, existe grande equilibrio na disputa de uma Copa do mundo. Em 18 edições, ganhamos 5 vezes, mas é bom lembrar que não estamos tão distantes da Itália(4) e até mesmo da Alemanha(3) e Argentina(2).

Por isso  acredito que em termos de preparação para essa competição sequência de trabalho > momento do jogador. A questão vai além do “esse tem que ir porque é craque” alardeada pela mídia.  Em nossa história de títulos temos exemplos vitoriosos de seleções com maioria de perebas e um comando frouxo (94) e de maioria de craques e um comando sólido (02). Também temos exemplos de seleções que jogaram e encantaram o mundo, mas infelizmente NÃO GANHARAM NADA (82 e 98).

O esporte mudou muito em termos fisícos e táticos, possibilitando momentos de beleza em um futebol considerado “pragmático”.

Enfim, é triste ler/ouvir coisas como “se não levar o Gaúcho não vai ganhar” vindo da melhor equipe de jornalistas esportivos do país (alô, ESPN). Creio que a postura da imprensa deve ser levantar questinamentos com fudamentos que ultrapassem julgamentos pessoais ou interesses comerciais. O próprio técnico da seleção já afirmou que não haverá espaço para surpresas, o que torna toda essa campanha pela convocação de um suposto gênio da bola, que salvaria a pátria em um caso especifíco (a lesão do nosso camisa 10) uma grande chatice.

Na moral, se tem um cara que merece ser convocado pra seleção, pelo momento o nome dele é LIONEL MESSI.

Vestido com as roupas e as armas de,

MrJorge

a.k.a Umbabarauma, ponta de lança africano.

Abrace a vida

Emociona.

YouTube – Embrace Life – always wear your seat belt.

Sabor de infância na lata

Não é pedra não, amiguinho! É a nossa nova descoberta: CALPIS, “Happy Refresh“. Só pra manter a tensão, os Ingredientes: Água, xarope com alto teor de frutose, açúcar, leite em pó desnatado, fibra de soja, acidulantes:ácido láctico, ácido cítrico, aromatizantes e regulador de acidez citrato trissódico.

Estranho, né? Por tanto estranhamento compramos. O medo deixou a lata lá na geladeira por mais de 10 dias. Hoje, num #celebrare 0% álcool, abrimos e isso se resume em 335ml de YAKULT.

Calpico

Mais uma maravilha trazida para vocês direto do Japão

Quem achava que beber um yakultzinho só era uma bad, levante a mão. São GOLES de verdade, de gente grande, pra flora intestinal que güenta quantos lactobacilos vivos vierem.

Valeu ae Ajinomoto!

Bebendo bem gelado,
Rafael Takano
Rei da Selva intestinal.

ah, eu devia ganhar jabá desses caras…

Doutzen Kroes Disrobes

De volta com a categoria #ChamaOMessias, nossa chubbylicious Doutzen Kroes para a revista VMan.

Doutzen Kroes

VEJA TODAS AS FOTOS AQUI

Pop goes my heart

Bubble Pop: Reflection Perfection on Flickr – Photo Sharing!.

Garantido lança as toadas de 2010

Na quinta-feira passada (28/01/10), o Boi Garantido decidiu a lista das toadas que vão embalar a torcida no último final de semana de junho, dias 25, 26 e 27.

Já vai aprendendo a toada PAIXÃO DE CORAÇÃO, que a diretoria do Boi liberou na versão Demo.

Vamos fazer a Galera Encarnada mais alta!

Destaque para a faixa 11, que é do Jorge Aragão. O sambista já emplacou toadas em 97 e 98.

O som é épico. Pra mim é tipo Torcida Brasileira meets Hinchada Argentina. É cumbia villera com escola de samba. Mas principalmente, é encarnado, é rojiblanco, é VERMELHO. Garantido é o nosso rei!

LISTA DAS TOADAS – CD GARANTIDO 2010 – PAIXÃO

1. TORCEDOR BATUQUEIRO, Enéas Dias
2. PAIXÃO DE CORAÇÃO, Demétrios Haidos / Geandro Pantoja
3. O SEGREDO DA PAIXÃO, Enéas Dias / Maurício Colares / Marcos Lima
4. EMOÇÃO DA GALERA, Murilo Maia / Gilnei Junior / Jacyara Oliveira
5. BOI DE PANO 2, Tony Medeiros
6. UNHAMANGARÁ, D. Haidos / G. Pantoja / José M. Farias / João Kenedy
7. CANTO DE TORCEDOR, Júlio Cesar Queirós / Paulinho Medeiros
8. ENIGMA DO MAPINGUARI, D. Haidos / G. Pantoja / Vanderlei Alvino / Neto Cidade
9. TURÉ, D. Haidos / G. Pantoja / Rafael Marupiara / Jacinto Rebelo
10. CABOCLA TECELÃ, Márcio Azevedo / Pedro Azevedo
11. TRILHA DO SOBRENATURAL, Enéas Dias / Marcos Lima
12. YAMINAWÁ, D. Haidos / Vanderlei Alvino / Jacinto Rebelo / Neto Cidade
13. MARACANANDÉ, Enéas Dias / Marcos Boi
14. YAWIRA DAS ÁGUAS, Rafael Lacerda / Rafael Marupiara
15. BOI MELANCIA, Fred Góes
16. FESTA DE BANDEIRAS, Ronaldo Barbosa Junior
17. TOADA DO AMO, Tony Medeiros
18. ETERNA PAIXÃO, Jorge Aragão / Ana Paula Perrone
19. AMOR PRA VIDA INTEIRA , Inaldo Medeiros / Paulo Queirós / Caetano Medeiros
20. PRA FALAR DE PAIXÃO , Chico da Silva
21. AMAZÔNIA EM PRECE , Emerson Maia

Rafael Takano
Puxador de Toada

PS: O Contrário recebeu uma “homenagem” na música Boi Melancia. Não to aguentando de curiosidade pra ouvir essa toada!

Hey, i wanna celebrate!

Superstition é uma música do Stevie Wonder de 72, que a maioria de vocês deve conhecer. Já foi regravada por vários artistas, de  Stevie Ray Vaughan a Jonas Brothers.

Duas coisas que eu não sabia até hoje sobre este som:

1 – Ele mesmo escreveu a letra, gravou os arranjos, a bateria e o teclado.

2 – Uma das melhores apresentações musicais ao vivo da história foi feita no programa Sesame Stret (Vila Sésamo), com um Stevie felizão derretendo a cabeça da criançada:

Tô mentindo?

Vestido com as roupas e as armas de,

MrJorge

que não é supersticioso, mas acredita cegamente no poder do groove.

  • Agenda

    • junho 2017
      S T Q Q S S D
      « set    
       1234
      567891011
      12131415161718
      19202122232425
      2627282930  
  • Pesquisar